Prêmio Mulheres do Agronegócio - 2021

Prezada candidata, leia o regulamento abaixo antes de iniciar o processo de inscrição.

4º Prêmio Mulheres do Agro

REGULAMENTO

O 4° Prêmio Mulheres do Agro tem o objetivo de valorizar e incentivar o protagonismo
da mulher no campo, reconhecer a contribuição das mulheres para a agropecuária
brasileira, incentivar o trabalho da mulher no meio rural e disseminar as boas práticas
no campo.
O Prêmio é destinado às produtoras rurais que estejam à frente da gestão da
propriedade, e reconhecerá pequenas, médias e grandes propriedades no quesito
gestão inovadora.
1. PARTICIPAÇÃO
1.1 Estão elegíveis para participar da 4ª edição do Prêmio Mulheres do Agro
produtoras rurais que sejam proprietárias ou gestoras de pequenas, médias ou
grandes propriedades agropecuárias que, de alguma maneira, estejam à frente da
gestão da propriedade, que atendam aos critérios deste regulamento e cumpram
rigorosamente a legislação.
1.2 A inscrição no 4º Prêmio Mulheres do Agro implica na plena aceitação de todas as
disposições do presente regulamento.
2. INSCRIÇÕES:
2.1 A inscrição para o 4º Prêmio Mulheres do Agro é gratuita e vai de 08 de março até
20 de agosto de 2021.
2.2 Para se inscrever será necessário acessar o site
www.premiomulheresdoagro.com.br, preencher o “Formulário de Inscrição Online” e
enviar a documentação solicitada.
2.3.1 O preenchimento de todos os campos destacados com asterisco nos formulários
é obrigatório. O não preenchimento de algum item obrigatório invalida a participação.
2.5 A confirmação do recebimento do formulário e documentação será notificada logo
após a submissão dos mesmos.
2.6 As inscrições e indicações que não estiverem dentro dos critérios previstos e
exigidos neste regulamento serão automaticamente desclassificadas.
2.6.1 No caso de desclassificação, a inscrita receberá um e-mail de notificação.
2.7 Apenas a primeira submissão de formulário será aceita e serão descartados
quaisquer materiais adicionais que não tenham sido solicitados neste regulamento.
2.8 Não serão aceitas, em hipótese alguma, inscrições e indicações feitas fora do prazo
especificado no item 2.1.
3. CATEGORIAS:
O 4º Prêmio Mulheres do Agro irá reconhecer as grandes inovações para boas práticas
agropecuárias focadas na gestão de recurso hídrico, o uso correto de defensivos

agrícolas e demais insumos e a conservação do meio ambiente com gestão na
propriedade que respeite os pilares da Sustentabilidade – econômico, social e
ambiental.
As premiações serão entregues às vencedoras (primeiro, segundo e terceiro lugares)
nas categorias pequena, média e grande propriedade, sendo:
Pequena: imóvel rural de área compreendida entre 1 (um) e 4 (quatro) módulos fiscais.
Média: imóvel rural de área superior a 4 (quatro) e até 15 (quinze) módulos fiscais.
Grande: imóvel rural de área superior a 15 (quinze) módulos fiscais.
3.1 Da Documentação
Para participação no prêmio, é necessário que a participante apresente documentos
que comprovem a autenticidade da propriedade. Se o imóvel estiver em uma das
condições de que trata a Lei 10.267 de 2001, poderá ser solicitado o Certificado de
Cadastro do Imóvel Rural (CCIR) emitido pelo Sistema Nacional de Cadastro Rural
(SNCR).
3.1.1 Requisitos de Regularidade das Propriedades
3.1.1.1 Deve tratar-se de uma propriedade rural localizada no território brasileiro, nos
termos dispostos na matrícula e certificados de cadastro de imóvel rural, de
propriedade de pessoa jurídica devidamente inscrita no Cadastro Nacional de Pessoas
Jurídicas (CNPJ) ou de pessoa física inscrita no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).
3.1.1.2 A propriedade rural deve estar devidamente constituída, contando com todos
os registros necessários para seu funcionamento;
3.1.1.3 A propriedade rural deve estar com todos os tributos incidentes sobre o
negócio quitados ou regularizados ou deve apresentar as razões para não estar
regular;
3.1.1.4 A concorrente deve estar apta e disposta a apresentar toda a documentação
comprobatória que possa ser exigida pelos organizadores, a qual será considerada
confidencial.
3.1.1.5 Deverá (i) preencher corretamente todos os dados solicitados, tanto da
concorrente, bem como da propriedade rural no momento da inscrição e (ii) responder
corretamente e com informações verídicas o formulário técnico e eventuais outros
questionários solicitados.
3.1.1.6 A participante se compromete a informar aos Organizadores todos os dados
necessários à execução do processo e apresentar quaisquer documentos e
informações solicitadas.
3.1.1.7 Estar devidamente regularizada, podendo apresentar:
Certificado de Cadastro do Imóvel Rural (CCIR);
Cópia da matrícula do Imóvel;
Número de registro no Cadastro Ambiental Rural (CAR).
Para consultar a autenticidade do CCIR, serão necessárias as seguintes informações:
Número do CCIR;
Data de geração do CCIR;
Código do imóvel rural;
Número de módulos fiscais; Área total do imóvel; Número de autenticidade;
4. COMPOSIÇÃO E ATRIBUIÇÕES DA COMISSÃO JULGADORA
4.1 A Comissão Julgadora será composta por 9 empreendedoras (es), acadêmicas (os)
e/ou executivas (os) e poderá ser alterada nas próximas edições.

4.1.1 Processo Avaliativo
4.1.1.1 A avaliação das inscrições concorrentes ao 4º Prêmio Mulheres do Agro é feita
por meio de uma Comissão Julgadora.
4.1.1.2 Os seguintes parâmetros são critérios de avaliação usados pela Comissão
Julgadora:
Uso dos recursos naturais;
Aumento da eficiência na produção devido à ação de gestão inovadora;
Ações inovadoras aplicadas nas propriedades;
Desenvolvimento social (comunidade e/ou colaboradores);
Boas práticas agropecuárias;
Respeito ao meio ambiente;
Utilização de tecnologias no campo;
Saúde financeira;
Ética;
Valorização do capital humano;
Responsabilidade com a cadeia produtiva;
Bem-estar animal;
Gestão administrativa da propriedade; Gestão de pessoas/RH.
4.1.2.3 As participantes/concorrentes inscritas ao 4º Prêmio Mulheres do Agro
concordam que o veredito da Comissão Julgadora é incontestável e que sobre ele não
caberá recurso judicial em qualquer instância.
4.1.2.4 Em caso de empate de notas após a avaliação dos projetos e indicações, será
utilizado como critério de desempate a eliminação da menor nota. Na sequência, as
notas serão novamente somadas e será considerada vencedora aquela que somar mais
pontos.
4.1.2.5 As avaliações e notas referendadas pelos membros da Comissão Julgadora não
serão disponibilizadas ou divulgadas, limitando-se apenas ao âmbito do processo
avaliativo.
4.1.2.6 A Comissão Julgadora tem pleno poder para remanejar projetos inscritos para
uma categoria que não seja a especificada no ato da inscrição, caso julgar adequado ou
necessário.
4.1.2.7 A Coordenação, a Assessoria de Imprensa e a Comissão Julgadora do 4º Prêmio
Mulheres do Agro não irão emitir, a qualquer indivíduo ou instituição concorrente ao
prêmio, juízo de valor sobre os projetos inscritos e indicações. Tampouco haverá
repasse de orientações pelos mesmos para adequações concorrentes à premiação. Se
a inscrita não atender aos parâmetros exigidos neste regulamento, ela será
desclassificada.
4.1.2.8 Todo o processo de avaliação se dá de forma estritamente confidencial e
nenhum membro externo à Organização do prêmio terá conhecimento sobre as
avaliações em andamento ou concluídas.
4.1.2.9 Se por qualquer motivo, alheio à vontade da realizadora do prêmio e da
coordenação da premiação, não for possível conduzir esta premiação na data prevista,
ela poderá ser modificada, suspensa ou cancelada antecipadamente por meio de aviso
aos participantes por e-mail e/ou telefone e release via site e redes sociais dos
organizadores do 4º Prêmio Mulheres do Agro.
4.1.2.10 De acordo com o item 4.1.1.1, a Comissão Julgadora analisará as inscrições e
atribuirá pontuação de 0 a 4.

4.1.2.11 Será disponibilizada a documentação à Comissão Julgadora com todos os
formulários submetidos e entregues, os quais serão analisados.
4.1.2.12 Caberá à Comissão Julgadora a decisão dos casos omissos no presente
Regulamento.
4.1.2.13 As decisões da Comissão Julgadora são soberanas, respeitado o disposto neste
Regulamento, não cabendo recurso de qualquer natureza.
4.1.2.13 A divulgação das vencedoras de cada categoria ocorrerá em noite de
Premiação, durante Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, em São
Paulo/SP.
5. DEFINIÇÃO DE FINALISTAS, DIVULGAÇÃO E PREMIAÇÃO
5.1 As finalistas nas categorias do 4º Prêmio Mulheres do Agro serão definidas pela
Comissão Julgadora e informadas por e-mail e/ou telefone.
5.2 As vencedoras nos 1os, 2os e 3os lugares em cada modalidade receberão os
seguintes prêmios:
1º Lugar – Viagem técnica no Brasil + Consultoria (Gestão ou sucessão familiar)
2º Lugar – Consultoria (Gestão ou sucessão familiar)
3º Lugar – Consultoria (Sessão de orientação sobre Gestão ou Sucessão
familiar)
5.3 A divulgação e premiação das vencedoras ocorrerá em Cerimônia Virtual para a
qual todos os participantes serão convidados.
5.4 A realização da viagem técnica no Brasil prevista como premiação para 1º lugar
estará condicionada ao cenário de segurança sanitária da pandemia da Covid-19 no
país.
6. DISPOSIÇÕES GERAIS
6.1 Ao fazer sua inscrição ou indicação, a participante concorda em ceder à
organizadora do Prêmio o direito irrestrito de publicar, divulgar e usar imagens e
nomes para fins de divulgação e promoção do Prêmio Mulheres do Agro, em qualquer
período ou forma de mídia, sem a necessidade de autorização prévia ou adicional e
sem o direito a remuneração de qualquer tipo.
6.1.1 A organizadora se compromete com a confidencialidade de todas as
documentações legais disponibilizadas no ato da inscrição do Prêmio pelo prazo de 02
(dois) anos contados da presente data, ficando os organizadores, desde já,
expressamente autorizados pelas participantes a divulgar as informações necessárias
para compor o perfil das vencedoras e de suas propriedades. O compromisso de
confidencialidade ora disposto não será aplicável, ainda, às informações e
documentos:
(a) que sejam ou venham a ser de domínio público;
(b) que sejam obtidas posteriormente de terceiros que, no melhor atendimento dos
organizadores, não estejam sujeitos à obrigação de mantê-las em sigilo perante as
participantes;
(c) que já sejam conhecidas pelos organizadores no momento da sua divulgação, ou
sejam então geradas independentemente;
(d) cuja divulgação ou comunicação sejam exigidas por força de lei, processo legal ou
ordem administrativa.

6.1.2 As premiações simbólicas dispostas no item 5.2 neste regulamento não podem
ser substituídas.

 

© 2019 Prêmio Mulher do Agronegócio - Powered by Máquina de Resultados